Luiz Neto rumo aos EUA e Europa

Luiz Neto durante evento em 2015 na República Tcheca (Foto: Arquivo pessoal)

Luiz Neto durante evento em 2015 na República Tcheca (Foto: Arquivo pessoal)

A cada ano cresce o número de skatistas que se aventuram em outros países para andar em novos picos e participar de eventos em diversos países do mundo. E um desses brasileiros é o catarinense Luiz Neto. Nos últimos anos, Luiz tem aproveitado para participar de campeonatos na gringa e, de quebra, vivenciar a cena do skate em diferentes países. Em 2015, o amador esteve em vários lugares da Europa, além de ter passado pela África do Sul e China. Agora, ele está a caminho da sua primeira viagem para os Estados Unidos e depois continuará sua trip pela Europa. No roteiro, competições como o Damn Am, em Costa Mesa, e o Grand Prix em Praga. Confira a entrevista com o amador e saiba a expectativa dele para mais uma temporada no exterior.

Luiz todos os anos você passa uma temporada fora do país. Como está sua programação de eventos?

Dia 7 chegarei na Califórnia e vou direto para Costa Mesa participar entre os dias 11 e 13 do Damn Am. Dia 25 irei para Praga, na República Tcheca para o Grand Prix em Beroun e o Mystic Excelent, que acontecem no último final de semana de junho e primeiro final de semana de julho. E no início de agosto estou indo para Chicago competir outra etapa do Damn Am.

Luiz Neto bs boardslide no Damn Am Santos (Foto: Julio Detefon)

Luiz Neto bs boardslide no Damn Am Santos (Foto: Julio Detefon)

Falando em Damn Am você participou da etapa realizada no Brasil e também ganhou passagem e vaga para participar da etapa de Costa Mesa, nos Estados Unidos. Fale um pouco sobre essa conquista, sobre o Damn Am e suas expectativas para essa competição?

Na verdade eu me classifiquei em décimo no  Damn Am em Santos, mas a passagem mesmo ganhei no campeonato do Brasil Skate Camp, ambos foram MUITO fodas! Eventos de alto nível com muitos estilos diferentes de skate, chega a assustar. Quero aproveitar o máximo possível e andar muito de skate com a galera de lá!

Como você acha que será esta trip e qual sua expectativa para sua primeira viagem aos Estados Unidos?

Espero que seja repleta de novidades e coisas boas pra mim e pra QIX também. Quero andar muito de skate, conhecer a galera de lá, aprender e me divertir muito!

Fora os Estados Unidos, você também vai para Europa participar do Grand Prix  e do Mystic Cup, campeonatos que você sempre recebe convite para participar e já é veterano. Qual a representatividade desses eventos para você?

Sim, todos os anos recebo convite para participar de diversos campeonatos na Europa e isso representa bastante para mim, porque eles sempre anunciam que estarei nos eventos e acho esse tipo de mídia muito legal.

Luiz no Grand Prix 2015 (Foto: Arquivo pessoal)

Luiz no Grand Prix 2015 (Foto: Arquivo pessoal)

Além das competições, o momento também será para produzir bastante material, afinal os picos da gringa parecem ter uma magia diferente. Já tem ideia dos lugares que quer passar desta vez?

Eu não faço ideia! Esta será a primeira vez que vou para os Estados Unidos. Com certeza quero voltar de lá com um material legal. Vou ver com a galera de lá e com o Kelvin pra me ajudar apresentando os picos.

Sem dúvida você é um dos amadores que está sempre na correria e viajando muito para participar de diversos eventos e estar sempre no game. Como essas trips te ajudam?

As mídias de evento são grandes e isso ajuda muito. Acho que para ser reconhecido não precisa estar sempre no pódio. É legal você viajar, andar junto com os caras, que também fazem o mesmo corre. E esse esforço já é bem visto por muitos.

 

Em breve serão publicadas mais informações sobre a participação do Luiz Neto nos eventos e suas sessões de skate realizadas em diversos picos do mundo. Aguarde!